Notícias

Apresentação Atanasio Cossa

Durante as XII Jornadas Científicas do ISCAM, realizadas nos dias 17 e 18 de Novembro do corrente ano, o pesquisador Atanásio Cossa, dissertou sobre o Empreendedorismo em Moçambique, com enfoque nos factos e desafios identificados. A comunicação é baseada num estudo recentemente terminado  com objectivo de compreender percepções sobre o empreendorismo, identificar desafios e formas de  encara-los.

Segundo o palestrante, em Moçambique, o ensino de empreendedorismo é uma actividade bastante massificada, entretanto é uma área com poucos estudos realizados. Noutros quadrantes  verifica-se um acentuado número de pesquisas que não só destacaram o  papel do empreendedorismo no desenvolvimento económico, como deram indicação de alguns desafios sobre acto de empreender. Um destaque para alguns desafios: acesso ao crédito, fracas habilidades por parte dos empreendedores, inconsistências de políticas públicas.

Respondendo a uma questão associada ao ensino do Empreendedorismo em Moçambique, o palestrante Cossa, colocou preocupação no carácter teórico dos ensinamentos ministrados, situação com probabilidade de estar associada com as fragilidades existentes na composição do corpo docente.

Entre vários achados a pesquisa conclui e recomenda:

  1. O aumento da idade favorece a percepção e prática do empreendedorismo;
  2. Os homens têm mais favorabilidade para perceber o empreendedorismo, contudo são as mulheres que enveredam activamente pelo empreendedorismo;
  3. A área de formação e o nível académico favorecem o desencadear do espírito empreendedor;
  4. Em Moçambique existem múltiplas percepções sobre o Empreendedorismo, algumas das quais não se acham inscritas na literatura sobre a matéria;

Recomenda-se também para o caso de Moçambique, por forma a melhorar a percepção, desenvolvimento e desempenho de actividades empreendedoras o seguinte:

  1. Desenho contextualizado e realístico das politicas públicas e fomento de instituições promotoras do empreendedorismo;
  2. Treinamento orientado para a prática do empreendedorismo, com enfoque para as práticas de Simulação Empresarial em todos domínios;
  3. Colocar centralidade na elaboração de estudos de viabilidade, planos de negócios e gestão financeira.

Leave a Comment

Your email address will not be published.